Você está em: Notícias»Paraná já tem nove candidatos ao governo. Veja quem são:

Paraná já tem nove candidatos ao governo. Veja quem são:

Paraná já tem nove candidatos ao governo. Veja quem são:
O prazo para as definição dos candidatos nas eleições de outubro termina no próximo dia 5 de agosto, de acordo com o calendário eleitoral. Nas convenções deste fim de semana, seis nomes foram confirmados na disputa pelo governo do Paraná. Somados as que já estavam definidos, até agora são nove pré-candidatos concorrendo ao cargo de governador. O governador do Paraná, Ratinho Junior, por exemplo, foi confirmado como candidato à reeleição pelo PSD no sábado (30). A convenção reuniu cerca de 5 mil pessoas em um centro de eventos em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. No encontro, o partido lançou 55 nomes para concorrer a deputado estadual e 31 para federal. O vice-governador do Estado, Darci Piana (PSD), foi confirmado novamente para o cargo. Entre as siglas que apoiam a reeleição do governador, estão PP e MDB. No mesmo dia, o PDT realizou convenção, com a presença do pré-candidato a presidente Ciro Gomes, e do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Foram lançadas a pré-candidatura do ex-deputado federal Ricardo Gomyde a governador e da professora Eneida Desiree Salgado ao Senado. O Partido da Mobilização Nacional (PMN) confirmou, no sábado, em convenção, Solange Ferreira Bueno como candidata ao governo do Paraná. O partido não terá postulante ao Senado. O PCO confirmou, neste domingo (31) Adriano Teixeira na disputa ao governo. O partido informou que ainda não definiu o nome do candidato a vice-governador. O PSOL confirmou a candidatura de Angela Machado ao governo do Paraná e Sergio Nakatani (Rede) será o candidato a vice. O PSTU também escolheu no sábado o seu candidato ao governo: Ivan Ramos Bernardo. A novela do Podemos O Podemos é a dúvida no cenário da disputa pelo governo do Paraná. O senador Alvaro Dias chegou a cogitar entra no páreo, mas na convenção nacional do Podemos falou em lançar o senador Flávio Arns para o cargo. Para complicar ainda mais,, as lideranças nacionais do Podemos convidaram Alvaro neste domingo (31) para concorrer a presidente. Por enquanto, no entanto, ele é pré-candidato ao Senado e enfrenta o ex-juiz Sérgio Moro (União Brasil) que, segundo recentes pesquisas, está 'colado' em Alvaro. De qualquer forma, Alvaro deve dar uma resposta até o dia 5 de agosto, prazo máximo para definição das candidaturas, segundo o calendário eleitoral.


© 2022 - Desenvolvido por Lancer