Você está em: Notícias»Verador Márcio Fernando Oliveira viajou até a cidade de Bituruna para conhecer Projeto "Jogando Limpo".

Verador Márcio Fernando Oliveira viajou até a cidade de Bituruna para conhecer Projeto "Jogando Limpo".

Verador Márcio Fernando Oliveira viajou até a cidade de Bituruna para conhecer Projeto "Jogando Limpo".
Na última sexta feira, dia 21 de maio, o Vereador Márcio Fernando Oliveira esteve na cidade de Bituruna, para conhecer o Projeto Jogando Limpo. Juntamente com o apoio dos profissionais da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, o vereador conheceu as instalações do barracão de separação do lixo e produção de adubo através da compostagem dos resíduos. O Projeto foi implantado a aproximadamente 04 anos no município e foi de extrema importância, pois se trata da separação, manutenção e reciclagem do lixo produzido pela população. Nas residências existem dois tipos de lixeira, sendo uma para lixo orgânico e outra para o chamado lixo seco. Com várias campanhas efetuadas pelo Poder Executivo e com informações repassadas à população, o Projeto começou a gerar seus frutos e apresentar ótimos resultados. Um dos principais problemas encontrados nas cidades é a produção de lixo sólido cada vez maior, resultado de uma sociedade que a cada dia consome mais. Esse processo decorre da acumulação dos dejetos que nem sempre possui um lugar e um tratamento adequado. Isso tende a aumentar, uma vez que a população aumenta e gera elevação no consumo, e consumo significa lixo. Sendo assim viu-se a necessidade de desenvolver este projeto com parceria com as Escolas Municipais, Clubes e CEMEI’s. Ele tem como principal objetivo desenvolver atividades de sensibilização da comunidade quanto à preservação ambiental, em especial a coleta, separação e o destino correto do lixo. Segundo algumas estatísticas, cada cidadão do planeta produz meio quilo de lixo doméstico por dia. Cabe a nós, desenvolver algumas atitudes para que cada cidadão torne-se consciente na tarefa de diminuir a sua produção de lixo. Somente através da conscientização de nossas crianças é possível encontrar soluções para esse problema sério que engloba a todos. Os Parâmetros Curriculares do MEC trás a necessidade de levar até a sala de aula temas transversal como a formação da consciência ambiental do homem no desperdício de água, na reciclagem do lixo, entre outros. A responsabilidade de separação do lixo não termina na porta de casa, ela vai muito mais além. O aquecimento global é consequência desse estilo de vida egoísta e consumista que o homem vem construindo dia a dia sem se preocupar com a sustentabilidade do planeta. Os professores contribuem para mudar essa realidade, provocando discussões em sala de aula, onde leva o aluno a refletir sobre suas atitudes comuns corresponsáveis por um planeta mais saudável com menos desperdício e responsabilidade social. Sendo assim, provocará resultados significativos se implantado desde cedo nas crianças. Precisamos pensar em atitudes com urgência para melhoria da qualidade de vida, neste sentido, a Secretaria Municipal de Educação, desenvolverá este projeto que implicará em uma reflexão que possa provocar mudanças de atitudes em nossos alunos quanto à problemática do lixo, desde atitudes simples de armazenamento e separação do lixo doméstico a coleta seletiva, a fiscalização . dos lixões abertos. Através de palestras com os alunos de 4° e 5º anos, são discutidos sobre o que pode e o que não pode ser reciclado, para que os alunos tenham noção sobre a separação consciente do lixo, para que assim possam ajudar o meio ambiente e preservar o futuro de cada um de nós. Contando com o apoio do Projeto Reciclinho que dispõe de caminhão e funcionários diariamente fazem a coleta do lixo da cidade. Para dar início ao projeto foram distribuídas sacolas plásticas de cor diferenciada para que os alunos separem o lixo em suas casas. Com relação ao lixo não reciclável produzido na escola, estes são colocados na composteira feita de maneira simples, nas pequenas hortas da escola onde serão plantadas pequenas hortaliças para incrementar ainda mais o lanche dos alunos. Este projeto dará continuidade ao projeto Conexão Campo x Cidade desenvolvido no ano de 2016 que tinha como foco principal buscar ações para uma alimentação saudável que através de atividades e ações em sala de aula buscou promover a valorização dos produtos agroecológicos, pois uma alimentação saudável favorece o crescimento e o desenvolvimento dos escolares, desempenhando papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, e, por esta razão, são conteúdos a serem desenvolvidos na escola como práticas positivas para a formação cidadã. A separação juntamente com a reciclagem é, sem dúvida, o que temos para minimizar os efeitos negativos que estamos causando ao meio ambiente. Dentre os assuntos discutidos nas escolas com os alunos sobre o lixo, podemos citar: ? Ampliar o conhecimento dos alunos sobre a separação do lixo; ? Coleta seletiva do lixo doméstico; ? Doenças causadas pelo acumulo de lixo; ? Diferenciar reciclável e reciclado; ? Como colaborar com os 3 R’s – REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR ? Qual nossa participação como cidadão; ? Mobilização dos alunos de que separar o lixo para coleta seletiva é uma forma de ajudar a natureza e transformar o problema do lixo numa solução econômica e social; ? Demonstrar a importância da reativação da horta na escola junto ao manejo adequado da terra, resgatando os valores esquecidos como a produção do próprio alimento de uma forma orgânica. ? Conhecer o tempo de decomposição do lixo que produzimos; ? Conhecer a realidade daqueles que vivem do lixo; ? Malefícios de uso dos Agrotóxicos;


© 2021 - Desenvolvido por Lancer