Você está em: Notícias»Ata da Reunião dos Poderes Legislativo e Executivo com membros da Sanepar.

Ata da Reunião dos Poderes Legislativo e Executivo com membros da Sanepar.

Ata da Reunião dos Poderes Legislativo e Executivo com membros da Sanepar.
RELATORIO SOBRE A REUNIÃO PRELIMINAR COM A SANEPAR 12/01/2017 Em 12/01/2017 foi realizada uma reunião nas dependências da Sanepar, nas dependências do Jardim Carvalho em Ponta Grossa, onde foram discutidas questões pontuais a respeito de abastecimento de água e saneamento de esgoto do Município de Ipiranga, Pr. Estavam presentes na reunião os vereadores Julio Cesar Scheiffer, representado pela Dra Caroline Schoenberger, Argeu Grisol e Roberto Gomes de Lima, o Diretor Geral da Câmara Municipal Alexsandro Devita e os Secretários Municipais Diogo Cesar Scheiffer e Luiz Carlos Blum Neto. Pela Sanepar participaram o Diretor Geral Antonio Carlos Girardi, Fabiano, José Elias. Para a realização da reunião, a Sanepar providenciou um mapa do Município de Ipiranga com a onde se apresentava a distribuição das redes de água e esgoto. I. EM RELAÇÃO AO ABASTECIMENTO 1. Atualmente o município possui o abastecimento de água feito por dois poços artesianos com capacidade de vazão suficiente para, aproximadamente, mais cinco anos para atender a população, segundo informações da Sanepar. 2. A água retirada dos poços é devidamente tratada antes do fornecimento à população, inclusive, o poço artesiano onde se encontra alta concentração de ferro e manganês possui o tratamento adequado, onde é feita a retirada dos metais da água antes do consumo final, sendo entregue com índice zero destes elementos, conforme pode ser verificado nas análises fornecidas mensalmente pela Sanepar e apresentadas no seu site. 3. Existe o projeto e estudos para a perfuração de mais um poço, na região de Santaria, com previsão para 2018, porém isto foi apenas informado, nada apresentado em documentos para os que estavam presentes na reunião. 4. A ampliação ou perfuração de novos poços independe de alteração em contrato, pois a responsabilidade da Sanepar é fornecer água potável suficiente para a população. 5. Com relação aos problemas apresentados pelos vereadores a respeito da falta de água em determinados bairros do município (Jardim Bela Vista e Ulisses Guimarães), foi informado pela Sanepar que já estavam sendo tomadas medidas técnicas a fim de que se alterasse a pressão da água nas tubulações, para a melhoria do abastecimento dos locais críticos. 6. Questionados a respeito do sistema de bombeamento e da constante falta de energia elétrica no município, que vem gerando problemas no abastecimento de água em várias regiões da cidade, foi informado que a Sanepar irá tomar providências quanto à atualização dos painéis de operação das bombas e buscar solucionar este problema junto à Copel, no que tange à instabilidade da energia elétrica na região. 7. Quanto aos boosters instalados, informaram que os mesmos são suficientes para gerar a pressurização necessária e atender a população. 8. Em relação aos poços artesianos rurais do Lustosa e Santaria foi informado que primeiro deve ser terminado o trabalho referente ao Lustosa para depois iniciar o serviço em Santaria, para tanto deve ser feito um levantamento da situação do local, com análise de custos e de material. A Sanepar sugeriu entrar em contato com o pessoal responsável pelo departamento de águas rurais para auxiliar nesta demanda, bem como verificar a questão de verbas relativas a projeto. Também foi sugerido a colocação de medidor com cobrança, mesmo que simbólica, na entrada de cada propriedade para controle de desperdício de água. II. EM RELAÇÃO AO TRATAMENTO DE ESGOTO 1. Houve a apresentação de reclamação sobre galerias de esgoto que estavam rompidas e com vazamento a céu aberto. 2. A Sanepar solicitou a identificação dos locais e informou que iria providenciar o imediato reparo das áreas. Esclareceu que muitas vezes o entupimento ocorre por motivos de força maior e procuram sempre corrigir os problemas da forma mais rápida possível. 3. Algumas áreas denunciadas como críticas foram a próxima à Camara Municipal, ... III. EM RELAÇÃO ÀS EQUIPES DE PLANTÃO 1. Questionadas quanto à disponibilização de equipes de plantão, a Sanepar informou que possui equipes de plantão e equipamentos disponíveis para atender Ipiranga, porém dependem de deslocamento até a cidade e que a demora no atendimento do serviço ocorre devido à necessidade do translado de uma cidade a outra. 2. Mesmo com a necessidade de atendimento entre cidades a Sanepar sempre tem atendido a população dentro dos prazos exigidos pela legislação. 3. A Sanepar possui um escritório permanente para atendimento e recebimento de reclamações, porém informa que para emergências é mais viável ligar no 0800 da empresa. 4. Quanto ao abastecimento reforça que irá verificar a questão do desligamento das chaves e da demora ao religar as bombas. Câmara Municipal de Ipiranga, 13 de janeiro de 2017.


© 2017 - Desenvolvido por Lancer